Emptyness

15:34



Em um mundo cheio de pessoas
Me sinto sozinha
Paradoxal não?

Entre uma bebida e outra
Me sinto cada vez menor
Afogada em minhas lágrimas alcoólicas

Em uma balada
Escura, fechada, lotada
Meu coração se sente sufocado
Gemendo nas batidas da musica de uma nota só 
Que de tão alta até o surdo ouve.


Em meio a amassos, braços, línguas e lábios
Em meio a lençóis e corpos nus
Não me sinto. Não sinto absolutamente nada.

You Might Also Like

0 comentários

Olá blogueiros! Comentem aqui o que acharam do post, mas há umas regrinhas:
* Nada de comentários ofensivos;
* Há moderação de comentários;
* Coloque o link do seu blog no final do comentário para que possa visitar;
*Se seu comentário for um dos 10 primeiros, o link do seu blog vai para o próximo post na área de blogueiros encantados;

~ DIVIRTA-SE~